Homenagem para Procuradores(as) longevos(as)

O Procurador Haroldo Brum comemorou seus 95 anos no dia 28 de agosto e entra para o hall do associado mais longevo da APERGS. Nos meses de outubro e novembro, outros três colegas ingressam para o grupo dos 90 anos: Alexandre Gruszynski (14/10), Teresinha Rita Portanova Mendes Ribeiro (04/11) e Rovílio Breda (9/11). Confira aqui um pouquinho da história desses quatro nonagenários:

Haroldo Brum integrou o Quadro de Advogado de Ofício, participando do primeiro concurso aberto em janeiro de 1966. Atuou no interior do Estado, em Vacaria e Gravataí, depois na Capital, onde se aposentou. Exerceu sempre a defesa dos necessitados na área cível, especialmente nas questões de direito de família.

Alexandre Gruszysky, desde a criação da então Consultoria-Geral do Estado, atuou no cargo de Consultor Jurídico, depois Procurador do Estado. Na carreira exerceu, entre outros, importantes cargos, como os de subchefe Legislativo e Jurídico na Casa Civil em vários Governos do Estado.

Teresinha Rita Portanova Mendes Ribeiro ingressou mais tarde nos quadros da PGE-RS, sendo aprovada no concurso aberto de 1982, o primeiro com a atual denominação do cargo de Procurador do Estado. Foi Assistente Judiciário antes de ser aprovada no único concurso realizado pela Procuradoria-Geral do Estado para o cargo de Assistente Judiciário, criado em 1976, realizado antes da criação da Defensoria-Geral do Estado.

Rovílio Breda também testemunhou o nascimento da então Consultoria-Geral do Estado. Foi Consultor Jurídico e, com a criação do Quadro de Advogados de Ofício, passou a integrá-lo, exercendo assim, a defesa dos necessitados na área criminal. 
Os nonagenários Haroldo, Alexandre, Teresinha e Rovílio
Hoje a APERGS contabiliza 12 associados(as) nessa faixa etária. Confira quem são os outros oito longevos:
Helena Conti de Raya Ibanez
Wilson Alano
Valdacyr Santo Scomazzon
Precila Esther Lindner
Bartolomeu Borba
Dilma Macedo Machado
Gladys Terezinha Merlotti O’Donell
Othilia Terra Rheingantz

Segundo a Procuradora Sali Antoniazzi, integrante do Núcleo dos Aposentados, esses(as) colegas são “as testemunhas da história da PGE-RS”, desde a sua criação, em 1965, seguida pela estruturação dos quadros das carreiras da então Consultoria-Geral do Estado – Consultor Jurídico e Advogado de Ofício.

Com o intuito de valorizar a  importância de cada um(a) deles(as) para a história da Associação, diversas iniciativas vêm sendo desenvolvidas através do Núcleo dos Aposentados. Entre elas está o Projeto Memórias, que reúne histórias da Procuradoria-Geral do Estado do Rio Grande do Sul e da Associação contadas por seus protagonistas, lançado oficialmente durante o 30º Encontro Estadual.

Os exemplares já foram enviados para os(as) colegas do interior e da Capital. Quem ainda não recebeu, pode fazer contato com a Secretaria da APERGS.

O Grupo Trocando Vivências proporciona um encontro mensal com o propósito de estimular a convivência e fortalecer as relações sociais e de pertencimento, além de amenizar as consequências do isolamento pela pandemia. A iniciativa é da assistente social Raquel Pavin, profissional que coordena o Projeto Viver Bem e que resultou das demandas imediatas apontadas pelos Procuradores, visando suprir lacunas criadas com o afastamento provocado pelo distanciamento físico.

O 4ª Encontro do Grupo Trocando Vivências acontece na próxima quarta (1º/09), excepcionalmente às 19h. A atividade será mediada pela assistente social Raquel Pavin. O tema central desta edição será “Dançar na chuva quando a chuva vem – Reflexões lúdicas sobre mudanças e temporalidade”. Todos(as) os(as) colegas aposentados(as) e em atividade estão convidados(as) a participar!